Produtividade pessoal vs. profissional: como separar

Anteriormente, falamos aqui no blog do Merkaz sobre como melhorar a produtividade durante o trabalho – e como ela faz a diferença no dia a dia e na produtividade durante o horário de trabalho. Você já conferiu este artigo? Vale a pena conferir e seguir com este – já que muita gente sabe se dedicar durante o horário de trabalho mas encontra problemas na hora de separar a vida profissional da pessoal. É algo normal, acontece com todo mundo. Desconectar-se mentalmente é algo palpável – mas como é possível dividir a energia física entre nossas obrigações do trabalho e o que fazemos fora dele?

Muito se fala sobre tirar um tempo para si mesmo e dedicar-se a atividades extracurriculares ou hobbies, como a prática de atividades físicas, atividades de lazer e tudo mais. Mas nem tudo é tão simples: como fugir da tentação de se jogar no sofá quando chegamos em casa depois de um dia de trabalho? São muitas as pessoas que deixam de fazer um curso ou uma outra atividade por conta do cansaço. E isso as afeta em muitos sentidos.

Antes de mais nada, reforçamos: noites bem-dormidas são essenciais!

 

 

Produtividade é sinônimo de prazer

Quando fazemos algo que nos deixa felizes, o tempo passa muito rapidamente e, por mais que estejamos cansados, a emoção de fazer o que gostamos acaba inibindo o cansaço. Se você é do tipo de pessoa que gosta de assistir séries na Netflix, é bem provável que, mesmo depois de um longo dia de trabalho, ainda tenha fôlego para acompanhar mais alguns episódios da sua série preferida.

Isso significa que, às vezes, quando tentamos fazer algo depois do trabalho e não conseguimos, muitas vezes não é o cansaço que nos impede, e sim a falta de interesse. É claro, adquirir um novo hábito requer esforço, mas você deveria procurar esforçar-se quando seu corpo estiver descansado, de fato. Não tente começar uma aula de yoga depois do trabalho. Reserve um dia para isso, acorde inspirado e vá. Adquira o hábito e, então, adapte-o à sua rotina.

 

Energia tem limites – e o seu cérebro também

Se você trabalha durante o dia todo com planilhas no computador, por exemplo, e quando chega em casa busca uma atividade semelhante à que faz no trabalho – como organizar as finanças da sua casa ou desenvolver uma nova estratégia para equilibrar os gastos da sua empresa -, pode ser que nem tudo saia como você espera. Dê um descanso ao seu cérebro!

Normalmente, as atividades ideais para quem trabalha com computadores ou outras plataformas digitais – o que é muito comum hoje em dia – são atividades que exigem habilidades manuais. Cozinhe, pinte, construa algo. Ou ainda, faça uma caminhada pelo parque. A sua produtividade não depende necessariamente do quanto consegue fazer num dia, e sim da qualidade de tudo o que você faz.

 

 Seja menos exigente consigo mesmo

Nem sempre a rotina regrada é a melhor forma de fazer com que sua produtividade seja aprimorada. “Vou terminar este plano em uma hora”, “Hoje não vou utilizar o celular” ou ainda “Não vou parar para descansar enquanto não terminar este documento” são práticas comuns em quem quer cobrar cada vez mais de si mesmo. Nem por isso, são práticas saudáveis. Estudos indicam: fazer pausas a cada 90 minutos, interagir nas redes sociais e ouvir suas músicas preferidas são práticas consideradas, por muitos, informais, mas que fazem com que a rotina produtiva seja mais eficaz.

 

A rotina imediatista exige que estejamos sempre conectados, prontos para novos desafios a todo instante. Mesmo assim, manter o ritmo leve e controlado, saber ouvir as necessidades do nosso corpo e ter controle sobre o quanto nos esforçamos para fazer determinadas coisas é essencial também para o sucesso de um negócio. Afinal, as empresas dependem de pessoas saudáveis. E a sua saúde também é pauta do Merkaz. Boa sorte!

Categories: Dicas

Close

FAÇA PARTE!

Would you like to see our space before joining? Come and visit our coworking space. Please fill out the form and our manager will get back asap.