Startups: quais são as vantagens, desvantagens e como começar uma

Afinal, o que é uma startup? Segundo a definição mais atual, startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza.

Mas o que isso significa? Um negócio escalável é aquele que consegue aumentar a sua receita de forma desproporcional ao aumento de custo, gerando lucro. Como por exemplo, os aplicativos. Vamos supor que um aplicativo desenvolvido há um mês atrás tenha 300 usuários. Caso ele se popularize muito e no mês seguinte o número salte para 300 mil downloads, mesmo assim, ele não precisará mudar nada em sua estrutura. Ao contrário das empresas tradicionais, que fabricam algo. Se o número de consumidores subir muito, a empresa será obrigada a ampliar sua estrutura, como o espaço e número de funcionários, para dar conta da demanda. Ou seja, não é escalável.

Já o termo repetível, se trata da não personalização do serviço. Ou seja, cada usuário não precisa que o software ou aplicativo seja modificado especialmente para ele. É entregar o mesmo produto em escala potencialmente ilimitada.

Para a empresa ser considerada uma startup, o modelo de negócio precisa ser incerto. Não há certeza se aquela ideia irá obter êxito.

Agora você já sabe o conceito. Mas como começar uma startup?

Como começar uma startup

Primeiramente, é necessário realizar as primeiras validações do negócio e ter uma visão do produto. Esse é o momento de definir quais são os objetivos do empreendedor, qual será o público-alvo, segmento de mercado, resumo das funcionalidades do produto e qual será o valor, incluindo qual é o valor interno para a startup, por que é interessante investir na ideia e qual o retorno esperado.

Depois de definidos esses pontos, chegou o momento de definir a primeira versão do modelo de negócios. É hora de concretizar a ideia e verificar se os potenciais clientes realmente possuem interesse no produto oferecido.

Após esse processo, já é possível criar um MVP (Mínimo produto variável) que faça sentido aos usuários. O MVP vai automatizar o trabalho e aumentar o número de clientes, afinal, nesta etapa, a startup já deve estar funcionando.

Para saber detalhadamente sobre o processo de como dar início a uma startup, leia as partes I e II dos textos já publicados em nosso blog.

Vantagens e desvantagens

Uma das primeiras vantagens de começar uma startup é o retorno financeiro sem precisar expandir a estrutura, como já dissemos anteriormente. Além disso, em startups a criatividade e a liberdade correm soltas. A chance de crescimento é ilimitada.

Entretanto, as startups possuem mais chances de darem errado do que os modelos de empresas tradicionais. Dificilmente uma ideia dará certo na primeira tentativa. Mas claro, com persistência e muito trabalho, sempre é possível chegar onde você deseja.

Dar início a uma startup é um desafio e tanto. A criatividade e a capacidade de pensar em ideias inovadoras são características essenciais para quem deseja se arriscar nesse ramo. Nós desejamos boa sorte a todos os empreendedores!

Categories: Empreendedorismo

Post Your Thoughts

Close

FAÇA PARTE!

Would you like to see our space before joining? Come and visit our coworking space. Please fill out the form and our manager will get back asap.